quarta-feira, 19 de julho de 2017

Os Animais como Arquétipos de Poder

Cada animal traz seus talentos, ou uma essência espiritual, e através disso, cada um com sua própria medicina, transmite-nos sua sabedoria. 

Vamos conhecer alguns deles :

Alce (Elk): Estamina – Este é um remédio que nos ajuda a aplicar a nossa energia da melhor forma nos ajudando a otimizar as nossas forças para que não usemos mais do que o necessário.

Águia – Iluminação, a visão interior, invocada para poderes xamânicos, coragem, elevação do espírito a grandes alturas, orgulho, força independência e mobilidade. A águia voa sem medo entre o céu e a terra e nos ensina a encarar o medo natural que temos do desconhecido para podermos voa o mais alto que nossos corações queiram nos levar. Ela chega a viver até 70 anos. Mas, para chegar a essa idade, ela tem de tomar uma séria e difícil decisão por volta dos 40 anos.
Nessa idade, ela está com as unhas compridas e flexíveis, não conseguindo mais caçar suas presas para se alimentar; seu bico alongado e pontiagudo já está curvo; suas asas estão apontando contra o peito envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas; e voar já está se tornando tarefa difícil!
Então, a águia só tem duas alternativas: morrer… ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias. Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e recolher-se em um ninho próximo a um paredão, onde ela não necessite voar. Após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico contra a rocha até conseguir arrancá-lo. Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual vai depois arrancar suas unhas.
Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas. E somente depois meses ela sai para seu famoso vôo de renovação. E poderá viver, então, por mais 30 anos.
É isso o que as vezes temos que fazer em nossas vidas. Nos resguardarmos por algum tempo e começar um processo de renovação,para que continuemos a voar um voo de vitória.

Aranha – A tecelã. Criatividade, a teia da vida, manifestação da magia de tecer nossos sonhos. A aranha tece a teia como tecemos a nossa realidade. Este remédio nos remete à lembrança de que somos nós que criamos a nossa própria realidade.

Baleia – Registros da Mãe Terra, sons que equilibram o corpo emocional, origens. Através do ritmo e padrões sonoros a baleia nos ensina e escutar a nossa voz interior, a entrarmos em contato com as nossas verdades pessoais e a termos sabedoria para sentir o pulsar do universo.

Beija-flor – Mensageiro da cura, amor romântico, claridade, graça, sorte, suavidade. O beija-flor se lança no mundo espalhando graça e beleza nos ensinando a apreciar as maravilhas e magias de nossa existência diária. Um dos maiores presentes que podemos obter seguindo seus ensinamentos, é o de entender os enigmas e os mistérios que envolvem as dualidades e contradições. É só observar o comportamento desse Animal em relação as plantas e flores para percebemos como a sua presença está relacionada a reprodução.
O BEIJA-FLOR pode voar em qualquer direção: para cima, para baixo, para esquerda, para a direita e também paralisar no ar, como se estivesse observando e preparando seu próximo passo. Sua presença é pura alegria e sempre provoca reações de admiração.
As pessoas que tem o BEIJA-FLOR como Animal de Poder, geralmente são pessoas agradáveis, alegres e que vivem rodeadas de amigos. Elas conseguem contagiar o ambiente com sua alegria e encontram sempre uma forma, uma maneira de fazer quem estiver ao seu redor se sentir renovado e feliz , pelo simples fato de estar vivo. Usando a astúcia, a inteligência, a graça e não só a força física, estão sempre procurando uma maneira para embarcar numa nova aventura e jornada.
Caso a tristeza se faça presente, procure preencher o seu coração com a alegria do BEIJA-FLOR.
Não deixe seu lado sombra tomar conta de você.
Ao sentir que seu coração se tornou duro, magoado e sem vontade para nada, procure andar pelos campos, pela mata, entre as flores e sinta os perfumes e odores que tanto atraem o BEIJA-FLOR e lhe proporcionam tanta alegria.

Borboleta – Auto-transformação, clareza mental, novas etapas, liberdade, renascimento. A borboleta representa os ciclos da vida, movimento e mudança. Elas possuem um período curto de vida. Elas nos preparam para mudanças e progressos. Quando você se sente estagnado e incapaz de se mover, a evolução entre em cena e lhe dá a força necessária para iniciar as mudanças. O medo é normalmente o maior obstáculo para as mudanças.
A borboleta sai da segurança de seu casulo para se deparar com um novo mundo em sua nova forma confiando em suas asas frágeis em um voo ainda desconhecido.
Insatisfações com sua vida, com relacionamentos e crises lhe forçam a tomar atitudes e promover mudanças radicais. A borboleta lhe trás a mensagem para você se preparar para as mudanças antes que elas caiam sobre você, sem aviso. Lembre-se que em todo fim há um novo começo.

Búfalo – Sabedoria ancestral, esperança, espiritualidade, preces, paz, tolerância, força proteção abundância e unidade. Quando ele surge, é hora de agradecer. Dê algo de volta para sua comunidade. Envolva-se com sua vida. Reconheça o Grande Espírito em todas as coisas. Confie e tenha fé. Plante uma árvore, adote um animal. Liberte-se de coisas que não lhe servem mais. Desista de atitudes que não lhe servem mais ao seu novo eu.
O Búfalo nos ensina que a verdadeira prosperidade vem quando nos sentimos agradecidos pelo que possuímos e quando vivemos em harmonia e amor com todos os outros seres.

Cachorro – Lealdade, habilidade para amar incondicionalmente, estar a serviço.

Cágado – estabilidade, organização, longevidade, honra, paciência, sabedoria. Criaturas exclusivamente terrestres, representam determinação e longevidade. Aqueles que o possuem como animal de poder levam as cargas dos outros além dos próprios pesos de suas suas experiências. São ótimos terapeutas mas devem ter cuidado para não assumir o peso dos outros. Ele ainda leva a energia da paciência e perseverança. São muito sensíveis ao ambiente e possuem uma ligação psíquica forte com a mãe terra. Eles sentem as vibrações da terra e reagem fortemente à elas. Mudanças bruscas no clima podem afetar sua disposição. As pessoas deste animal precisam de um ambiente estável para se sentirem bem; sem esta estabilidade elas estão sujeitas a mudanças no humor.
Sua habilidade de sobrevivência é devido à sua capacidade de estar centrado. São vegetarianos e dão muita importância à um lar estável. O fato de carregarem sua casa nas costas nos lembra que a verdadeira estabilidade está dentro de nós.
Seu movimento vagaroso nos ensina a observar e processar tudo eficientemente. Isto completa sua sabedoria. Lembre-se de se mover devagar em direção aos objetivos, se ele é seu animal. Confie em sua intuição.

Castor – Construtor. O castor trabalhar em cooperação para construir a sua casa e isto nos ensina que podemos criar e satisfazer com muito mais poder quando todos envolvidos em questão podem apreciar os talentos de cada um e trabalhar junto em harmonia.

Cavalo – Poder interior, liberdade de espírito, viagem xamânica, força ,clarividência. Mas esta força não podemos fazer mal uso dela, nem desperdiça-la e nem mantê-la para nós mesmos. Quando compartilhamos o nosso poder com os outros e os ensinamos como eles devem cuidar de seus próprios poderes, a nossa jornada se torna mais rápida e mais agradável.

Chimpanzé – Viver em harmonia. Os chimpanzés estão muito próximos do homem na escala da evolução e eles podem nos ajudar a restaurar um modo simples de vida que nos dá alegria de viver. Eles podem nos dar alegria, curiosidade e soltura, como também a nossa habilidade para nos tornarmos membros mais completos na comunidade humana e natural.

Cisne – Graça. Os cisnes nos ensinam a confiar na graça de nosso ser à medida em que ela opera nos planos físicos e espiritual e nos coloca para nos deliciarmos com os dons de nossos corpos físicos e nossas mentes intuitivas.

Cobra – Transmutação, cura, regeneração, sabedoria, psiquismo, sensualidade. Como as cobras deixam para trás a sua pele, nós podemos deixar para trás as nossas ilusões e limitações para usarmos plenamente a nossa vitalidade e desejos para alcançar a totalidade.

Coelho – Medo Quanto mais focamos em nossos medos, mais os atraímos. O coelho nos ensina a atrair abundância, amor, saúde, e uma toca aconchegante, seca e segura.

Coiote – Malícia, artifício, criança interior, adaptabilidade, confiança, humor. O coiote é o trapaceiro. Quando estamos levando a nossa vida muito seriamente, o coiote nos ensina a rir de nós mesmos. Ele é também o reforçador kármico, nos lembrando que o que fizermos aos outros, será feito à nós.


Coruja – Habilidades ocultas, visão interior; ou ainda, ver na escuridão, a vigília, a sombra, sabedoria antiga e clarividência. A coruja possui a habilidade de ver coisas que as vezes nos escapam. O dom deste remédio é não nos enganarmos com as aparências externas e descobrir a verdade por trás delas.
Ela é a criatura da noite e da escuridão. Está ligada ao mundo desconhecido e escondido dos espíritos. Representa nossa mente sub-consciente e com o oculto. Também está associada com a Lua e superstições. Alguns nativos americanos se referem à coruja como a águia da noite. Outros vêem a coruja com suspeita e medo. Ela é um bom augúrio para aqueles que estão sintonizados com alguma religião.
Se você tem a coruja como o animal de poder, sua mensagem é prestar atenção em seus sonhos e sentimentos. Questionar os seus medos e agir com intuição. Focalize em suas intenções e mova-se em direção as seus objetivos. Mantenha-se em silêncio e conserve sua energia para o momento certo de agir. Se você está enfrentando algumas incertezas e problemas, aquiete-se para poder enfrentar os seus medos e confusões. Evoque a coruja para ajudá-lo com o discernimento e conhecimento. Não tenha medo do escuro e do desconhecido. Explore seu mundo interior com confiança. Trabalhe para desenvolver clarividência. Faça uso de rituais e de influências da Lua para gerar poder e promover mudanças positivas.

Corvo – Curiosidade, inteligência, observação, visão e comunicação. O corvo é um mestre em mudanças e movimento. Ele é destemido e o guardião de coisas ocultas e sagradas. Ele é o interprete do desconhecido. Ele está sempre vigilante, observando tudo à sua volta. Existe algo do trapaceiro no corvo, eles são os piores fofoqueiros na natureza e não podem manter um segredo. Na mitologia Apolo tinha um corvo como mensageiro. Naquela época, todos os corvos eram brancos mas eles ficavam tão satisfeitos em dar notícias ruins que Apolo se cansou deles e os transformou na cor preta como a noite. Quando ele entra em sua vida, é hora de prestar atenção nos sinais, símbolos, profecias e sonhos. Faça as pazes com sua sombra. O corvo é atraído por objetos brilhantes. Nem tudo que brilha é ouro. Não se apodere do que não é seu mas sempre esteja preparado para tirar vantagens de oportunidades escondidas. Confie em sua intuição e integridade pessoal.


Cougar – Poder, rapidez, equilíbrio, planejamento, paciência e astúcia. Respeite as fronteiras dos outros. Não desperdice energia. Pense antes de agir.Fique ligado(a).Focalize nos objetivos. Atreva-se a ser diferente. Compartilhe com os outros mas não permita que eles sejam muito dependentes de você.Pratique o andar do cougar. Aprenda a se relaxar completamente e espreguiçar sempre que possível. Estude sempre o seu ambiente, use todos os seus sentidos. e confie neles. Seja firme mas flexível.


Elefante – Longevidade, inteligência, memória ancestral, proteção, auto-suficiência e comprometimento. O elefante nos ensina a força da gentileza, do comprometimento e da comunicação nos relacionamentos.. Eles são completamente envolvidos com todos com quem ele possuem qualquer tipo de relacionamento. Eles são poderosos ao proteger e gentis ao cuidar.

Esquilo – Preparação, planejamento, adaptabilidade e conservação. O esquilo nos ensina a planejar e nos prepararmos para o futuro. Não use todas as suas reservas. Devemos sempre guardar alguma coisa para nos servir em tempos ruins. Prepare-se também para as mudanças periódicas. Entretanto, se você estiver acumulando coisas, livre-se delas. Faça um inventário. Procure saber onde você está gastando. Pode ser uma boa hora para se afastar um pouco de todos.
O esquilo não só nos ajuda a nos livrarmos de objetos físicos desnecessários como também de crenças negativas que minam nossa confiança no amor e abundância.

Falcão – Precisão, memória remota, coragem sabedoria, iluminação, preces ao Universo, mensageiro, olhar em volta, observar a distância e atenção ao detalhe. O falcão nos ensina a sermos observadores e a prestarmos atenção em coisas que estão passando desapercebidas. Os falcões podem avistar uma presa do tamanho de um coelho à 3kms de distância. Este pode ser um talento que não usamos, uma benção pela qual não expressamos gratidão, ou uma mensagem dos espíritos.

Foca – A voz interior, e ainda, sonhos lúcidos, mover-se através das emoções, criatividade. A foca nos lembra de nossa conexão com os nossos ritmos, sentimentos e conhecimentos mais profundos representados pelo mar. Quando sentimos medo de nos afundarmos nestas profundezas, a foca nos lembrar com nadar. Elas tendem a ser desajeitadas quando não estão em seu habitat natural.

Gafanhoto – De acordo com Ted Andrews, o autor de “O Animal Fala”, o gafanhoto é considerado um símbolo da sorte boa, de boa graça, da abundância, e da virtude. Usando seus pés especialmente projetados, move-se pulando e um pulo pode jogar um gafanhoto a distâncias até vinte vezes seu próprio comprimento de corpo!
Os gafanhotos fazem exame de uma possibilidade e se lançam para frente, passando em muito as várias etapas que outras criaturas teriam que fazer para cobrir a mesma distância.
As pessoas com este Totem normalmente acham que as coisas não se movem ou se desenvolvem do jeito que acontece com as outras pessoas. Quando um gafanhoto se apresenta, é porque está próximo um novo pulo para frente em sua vida.
O simples fato disto star chamando sua atenção já significa algo… se você notou, existe uma razão para ter notado… Esta é minha filosofia.
O gafanhoto de chifre curto está relacionado aos locustídeos e ambos serão discutidos aqui. Como todos os insetos são de sangue frio eles são mais ativos quando estão mais mornos. Possui aproximadamente 10.000 espécies e cada uma tem sua própria canção original. Com algumas exceções somente os machos podem cantar. Durante a corte de acasalamento, os gafanhotos masculinos podem se alternar cantando canções, competindo com outro para a atenção das fêmeas.
Uma das dádivas desses insetos é o poder da canção e do som. A canção é uma maneira antiga para alterar a consciência e comunicar-se com nossas relações do mundo animal e dos espíritos. Algumas canções americanas nativas datam ao menos de 20.000 anos. Se estes insetos cantores chamou sua atenção com sua canção, podem estar lhe pedindo para você honrar seus antepassados e se conectar com sua verdadeira herança. Escutando e respondendo à sua voz interna assim como.usá-la de uma maneira complementar em direção a você mesmo e ao outro.
Os gafanhotos locustídeos são associados com viagem astral. Têm a habilidade de pular o tempo e no espaço onde os mistérios verdadeiros da vida existem. Os povos com a medicina do gafanhoto têm a sabedoria necessária para superar eficientemente obstáculos e podem saltar em riscos bem sucedidos sem preparação ou planejamento.
Quando o gafanhoto locustídeo aparecem para nós estamos sendo pedidos para dar pulo de fé e para saltar para a frente em uma área específica da vida, sem medo. Geralmente essa área específica é uma que nós evitamos e é conectada frequentemente à mudança em uma escala maior. Isto pode representar uma mudança na posição, relacionamentos, carreira ou apenas na maneira que nós nos percebemos.
A superpopulação e a falta de alimento fazem dos gafanhotos normalmente calmos, locustídeos temidos, capazes de descascar uma floresta ou uma fazenda no piscar de olho. Eles se tornam escuros, quase que pretos, de modo que possam absorver mais luz solar para ter o calor e a energia para manter seu enxame. Continuarão com este fervilhar até que alcancem um lugar com bastante alimento, ou que bastante deles sejam mortos para controlar a população.
Aqueles com um gafanhoto-locustídeo como um totem devem recordar que os presentes da terra de mãe estão disponíveis para todos se usado em uma maneira sagrada. Às vezes uma pessoa esquece-se desse equilíbrio sagrado e pega mais do que é preciso.
Isto pode também ser simbólico dos indivíduos que tomam de você. Outros estão exigindo demasiado de seu tempo, sua energia? A responsabilidade está sendo colocada em seus ombros que não é sua por direito? Estes são algumas das perguntas para se fazer se os gafanhoto-locustídeo se apresentarem a você. Recorde que a vida se torna somente mais difícil quando nós recusarmos pular para a frente na mágica da mudança.


Gambá – Auto-respeito. Quando nós nos aceitamos completamente e aprendemos a expressar a nossa essência, sem ego, nós atraímos aqueles que compartilham nosso caminho e repelimos aqueles que não. Seu lema é “Faça o que você diz”.



Ganso Canadense – Círculo Sagrado, vigilância e proteção. A migração do Ganso Canadense marca a passagem do Grande Círculo do Ano e nos lembra da sacralidade dos ciclos da vida. Também podemos aprender muito do comportamento cooperativo e comunitário desses pássaros que nunca abandonam um membro do grupo doente ou ferido e que sabem quando liderar e quando procurar alguem para tal.São conhecidos por seu destemor para defender a sua casa


Gato – Entendimento sobre mistérios, sensualidade, limpeza, visões místicas, independência, completude. O gato é um animal que combina um alto grau de sensualidade com uma natureza profundamente psíquica e espiritual. Ele nos lembra que os mundos espirituais e físicos não são separados, mas um só. Observe quando o seu gato não chega perto de alguém. Talvez é para você também não querer esta pessoa por perto.


Girafa – Visão focada. O mais alto dos animais com seu peso bem distribuído e somente fica vulnerável quando curva o seu pescoço para beber água. Ela nos ensina a ver a vida de forma focada e ao mesmo tempo expansiva e que em nosso desejo de expandir a nossa espiritualidade devemos sempre nos lembrar que nós somos criaturas físicas.


Golfinho – Pureza, iluminação do ser, sabedoria, paz, amor, harmonia, comunicação, sopro da vida, além da habilidade de se movimentar com desenvoltura por ambientes pouco amigáveis. Eles nos ensinam que ao sintonizarmos com os ritmos e padrões da natureza podemos aprender a verdadeira comunicação com o Todo Poderoso e a compartilhar esta sabedoria com os outros.


Hipopótamo – Profundezas Emocionais. É um animal sagrado para a tradição egípcia e Africana e é o segundo mamífero em tamanho. Ele nos guia a nos firmarmos na realidade para podermos encarar e dissolver questões emocionais ( o poder da água).



Lagarto – Devaneio. Em nossos sonhos imaginamos futuros diferentes e escolhemos qual iremos materializar. O lagarto nos ensina a importância de respeitar e a lembrar de nossos sonhos.

Leão – Poder, força, majestade, prosperidade, nobreza, liderança, coragem, segurança e o princípio masculino. Como símbolo astrológico ele reina o coração. A coragem vem do coração e de um sentido profundo de autoridade pessoal que cria o poder para agirmos de acordo com o nosso espírito. Aquele que age verdadeiramente de acordo com seu coração é capaz de liderança, conquistas e o tipo de sucesso que encoraja as conquistas do outros. Ele é considerado o rei dos animais por não ter um predador natural e vive no topo da cadeia alimentar.


Leão da Montanha – Liderança. Ser verdadeiro consigo mesmo não permitindo nem o medo da responsabilidade e o ciúmes e inseguranças de outros interfira em seu caminho. Esta é a marca de um verdadeiro líder.


Leopardo – Chita – Velocidade e foco. Diferente dos outros felinos que espreitam a caça e depois pulam sobre suas presas para matar, o leopardo, o mais rápido animal de quatro patas, corre para pegar a sua presa. Esta é uma lição para conseguirmos o nosso objetivo com grande velocidade, sem perdermos o foco. Quando nos sentimos paralisados, o leopardo pode nos dar o impulso para começarmos a nos movimentar. Se estamos já correndo numa grande velocidade mas sem direção, a energia do leopardo nos ajuda a mantermos os nossos olhos em nossos objetivos e a encontrarmos qual a melhor direção para consegui-los.


Leopardo da Neve – Graça, foco, silêncio, força, poder, agilidade e independência. Sua mensagem é a força do silêncio compenetrado. Ele nos ensina a sermos silenciosos, alerta e prontos para quando uma oportunidade se apresentar. Se você o tem como animal de poder, use da força do silêncio em sua vantagem. Não fale muito sobre seus objetivos futuros até que os tenha conquistado. Eles sabem como usar cada quantum de energia de sua corpo. Você possui energia mais do que suficiente para realizar efetivamente seus objetivos e normalmente responde bem em situações de pressão. Entretanto, tente não sobrecarregar-se em compromissos. Busque seus objetivos com todas as suas forças mas também tenha tempo para descansar e se divertir.

Libélula – Ilusão. Quando nos enganamos, acreditando que limitações físicas nos impedem de mudar e crescer, a Libélula nos ensina a atravessarmos estas ilusões.

Lobo – Amor, relacionamentos saudáveis, fidelidade, generosidade, ensinamento e habilidades sociais. O lobo é um animal com inteligência social e sentidos extremamente apurados. Sua habilidade de sobrevivência depende totalmente da cooperação de sua matilha. Seu comportamento segue uma hierarquia que segue uma ordem de comando. Cada lobo sabe o seu lugar e suas responsabilidades. Eles possuem um método complexo de comunicação que envolve linguagem corporal e habilidades vocais. Se você possui alguma dificuldade em se expressar, tome algum tempo estudando os lobos. Eles lhe ensinarão a melhorar suas habilidades de comunicação verbal com uma linguagem corporal apropriada. Eles lhe ajudarão a alcançar seus objetivos por meio de campanhas cooperativas. Sua mensagem é o poder para ensinar e compartilhar informações. Quando um lobo é visto no campo ele simboliza liberdade. Apesar da propaganda negativa, eles são muito amigos e possuem os sentidos extremamente evoluídos. Portanto, além de inteligentes possuem um excelente sentido de olfato, audição. Eles normalmente uivam para encontrar os outros membros de seu grupo ou para avisar outros de seu território.

Se um lobo entrou em sua vida, então é hora para compartilhar seus conhecimentos ensinando, escrevendo e dando palestras. O lobo sempre encontra uma maneira para aprender de algo corriqueiro e assim, nós podemos também descobrir novas verdades e compartilhá-las, ao explorarmos os caminhos escondidos de nossa consciência. Pode também estar sendo cobrado que você reexamine sua relação de dependência e independência. Por ter uma organização social muita desenvolvida, ele lhe ensina a equilibrar as necessidades de sua família e as suas próprias. Eles são muito leais e jamais abandonarão o grupo.
Lontra – A Curandeira. A lontra é receptiva, alegre e livre de ciúmes. Ela nos ensina a habilidade de nos sentirmos em casa em ambos os mundos. Na mitologia, a lontra era reverenciada por sua habilidade de se mover sem esforço dentro e fora d’água. Assim que homens e mulheres começam a expressar suas qualidades mais nobres que vem da lontra, o mundo pode se tornar um lugar agradável e alegre onde todos se divertirão sem medo de perdas ou danos. Ela também adora a vida e tudo que faz é aproveitar, brincando, flutuando sobre suas costas, comendo caranguejos enquanto equilibra uma pedra em sua barriga e fazendo bebezinhos.


Morcego – renascimento, iniciação, reencarnação, habilidades mágicas, transformação e renovação. Os morcegos possuem uma história longa associada à morte e renascimento por sua natureza noturna e sua habilidade de ver no escuro O iniciados do Xamã passam por um ritual de morte onde eles encaram seus medos e renascem sem suas velhas identidades. O remédio do morcego nos ensina a libertar os nossos medos e qualquer outro padrão que não se encaixa mais em nosso crescimento.

Onça – Espreita, proteção do espaço, silêncio, observação, precisão.

Orca – Domínio sobre o fraco. Ela é um grande predador do mar e como os golfinhos, elas caçam se divertindo. Elas são relutante em compartilhar o que sabem, mesmo com os de seu grupo. Elas possuem uma habilidade de levar as suas presas indefesas para locais isolados de onde é impossível escapar, e aí, ficam brincando com elas até as matarem.

Pantera – mistério, sensualidade, sexualidade, beleza, sedução, força, flexibilidade.

Pavão – Este pássaro é honrado em todo o mundo por sua beleza. Também está associado com ressurreição. Para nós, ele pode nos ajudar a nos livrarmos das penas velhas do passado e e exigir a nossa verdadeira beleza de nossa naturezas individuais. Isto reforça a nossa confiança e auto-estima.


Pombo – Paz. A paz simbolizada pela pomba é da mais profunda. Ela acalma as nossas preocupações e pensamentos inquietantes e nos permite encontrar renovação no silêncio da mente.

Raccoon – Destreza, agilidade, disfarce. Apesar de sua máscara estar associada com bandidos, ela possui um significado mais profundo. Ninguém é tão calmo quanto aparenta ser, mesmo para nós mesmos. Isto nos ensina a assumir ou liberar os diversos papeis que representamos.

Raposa – Camuflagem. O maior dom da raposa é saber quando sair para caçar sem ficar correndo em círculos. Quando estivermos prontos para nos desapegarmos de nosso ambiente a observar com todos os nossos sentidos, então estaremos prontos para antecipar e criar o nosso próprio futuro.


Rato – Capacidade de explorar detalhadamente. O rato nos faz prestar atenção a cada detalhe que poderíamos estar perdendo em nossa louca mania de querer ver amplamente, e também nos lembra para não desconsiderar o óbvio.

Salamandra – Transformação. Este animal nos ajudar a conectar com os mistérios da terra e nos sentirmos firmes no momento presente. Algumas salamandras são terrestres e outras aquáticas. Também estão ligadas ao elemento fogo.
Na natureza existe a oportunidade de fluir no tempo e no espaço, que é o território da magia. Ultrapassar fronteiras enquanto estamos parados como um pedra, deixando que o tempo místico o transporte deixando as suas impressões em sua vida.
A vastidão atemporal da natureza, o velho e o novo, se manifestam, com a jornada da contemplação, enquanto nós descansamos na imobilidade. Para a salamandra, o mundo onírico é a liberdade das correntes de um ego detido.


Salmão – Sabedoria. O salmão se lança em seu objetivo principal contra todos os obstáculos, para estar reunido com o Divino. A energia deste animal nos ajuda a desenvolver a sabedoria de encontrar significado e propósito em nossas vidas, e nos movermos com perseverança em nosso caminho espiritual.

Sapo – Evolução, limpeza, transformação, cura, mistério, humor, emoções. A água limpa a terra árida e devolve a vida; como o sapo limpar as nossas energias física e mental que nos privam de harmonia e paz, e ajuda a reabastecer nossa própria habilidade de nos curarmos em todos os níveis.


Tatu – Proteção, Discriminação e Limites. Possui um escudo nas costas e debaixo dele é a sua área mais vulnerável. Por isso quando ameaçado ele se torna uma bola, enrolando o próprio corpo. Suas garras são excelentes instrumentos para cavar o chão a procura de objetos escondidos. Sua mensagem é lhe lembrar que você pode estar precisando fazer algumas mudanças no que diz respeito a seu espaço pessoal. Estabeleça limites. Proteja-se mas tenha fé para poder viver sua vida de forma plena. Tome consciência para definir suas fronteiras emocionais e físicas.

Texugo – Agressivo, corajoso, pé no chão, perseverante confiável. Apesar de ser um animal noturno, ele é ativo dia e noite. Vive em tocas e por isso possui um excelente conhecimento das raízes sendo considerado o Guardião das Raízes.
É uma animal anti-social e não se comunica bem com os outros. Quando ele surge em sua vida é para lhe lembrar que você deve ser mais sério em suas coisas. Defenda mais seus pontos de vista. Não é hora para fechar os olhos ou olhar para o outro lado.
Ele é um excelente antídoto para a passividade e a vitimização. Pare de ser negativo e temeroso. Assuma a responsabilidade de suas escolhas e não será mais uma vítima.


Tigre – Aqui e agora. O tigre é um caçador solitário e silencioso e simboliza a remoção de todas as distrações da mente e o foco no momento presente. Assim o tigre é capaz de reunir todas as suas habilidades para obter sucesso.
São independentes e confiantes. Com grande força muscular, eles são capazes de correr grandes distâncias em perseguição de uma presa. Ele nos ensina foco, paciência e surpresa.
Possuem excelentes qualidades curativas e podem ver seis vezes mais do que os humanos no escuro. Quando o tigre aparece, prepare-se para desafios, aventuras e mudanças. O poder, a paixão e vitalidade do tigre ativarão os mesmos componentes em você.

Urso – introspecção, intuição, cura, consciência, ensinamentos, curiosidade, histamina e renovação. O urso representa o lado Oeste da Roda Medicinal que é o lugar da intuição, transformação, introspecção, jornada xamânica, sonhos e visões. Ele nos ensina a ir para dentro para solucionar questões e promover curas. Vá sempre à sua Caverna de Inverno (mente subconsciente) para renovação e recursos necessários para sua sobrevivência e cura.
Ele nos ensina também a digerir nossas experiências internas e a descobrir que lá se encontra as respostas para nossas perguntas.

Veado – Gentileza, camuflagem, graça e atenção. Sua mensagem é o amor incondicional. Este animal lhe diz para usar menos força e não confrontar seu inimigo agora. É hora para compaixão e perdão. Aprenda a confiar. Tente algo novo, Não tenha vergonha de chorar. Passe mais tempo ao ar livre.
Somente o amor pode dissolver as barreiras que nos previnem de nossa total realização.

Zebra – Individualidade. As listas da zebra servem como camuflagem contra predadores que são incapazes de pegar um indivíduo de uma manada. Ela nos ensina a mantermos nossa individualidade dentro de um grupo.

Animais Místicos

a.. Cavalo Alado – Elevação, transmutação, beleza, viagem astral,aventuras, mistério, fascínio.
b.. Centauro – Instinto animal, ligação homem-animal, anarquia, sexualidade, fertilidade, cura.
c.. Dragão – Potência e força viril, proteção Kundalini, calor, mensageiro da felicidade, senhor da chuva, fecundação, força vital.
d.. Elefante Branco – Força, bondade, escolha de caminhos, ligações extraterrestres, mistério.
e.. Fênix – Renascimento, fascínio, animal do Sol, imortalidade da alma, elevação, purificação.
f.. Sátiro – Libertinagem, divertimento, impulso sexual, instintos, fantasias sexuais.
g.. Unicórnio – Rapidez, mansidão, pureza, salvação, espiritualidade, inofensivo. 


Menino afirma ser REENCARNAÇÃO de Piloto de Avião


Nascido em Louisiana, James Leininger afirmava desde muito criança que era a reencarnação de James Houston, um piloto que morreu no final da 2ª Guerra Mundial.

Mesmo adolescente, Leininger ainda acredita nisso, o que dificulta para os especialistas entenderem, porque geralmente essas memórias se apagam até os 3 anos de idade.

Com apenas dois anos, James Leininger ganhou seu primeiro avião de brinquedo. Sua família ficou surpreendida com o interesse ainda nessa idade e com o conhecimento que ninguém sabia de onde ele havia tirado.

Aviões começaram a se tornar uma fissura pelo garoto, e ele até tinha sonhos de que era piloto e morria durante uma queda. Seus pais decidiram o levar ao museu do avião no Texas. E com apenas 5 anos, já desenhava modelos e se auto intitulava James III.

Os pais do garoto ficaram ainda mais na dúvida quando durante um jantar ele recusou carne, alegando que desde pouco antes de se acidentar e morrer ele deixara de comer. Claro que os pais foram na hora pesquisar sobre os locais que o garoto indicava, e todos estavam certos.

Assista a matéria do canal Discovery Science:



terça-feira, 18 de julho de 2017

As Receitas Ayurvédicas e a Saúde


A medicina indiana é milenar e, por isso, é muito rica em conhecimento. São vários "segredos" que beneficiam seus praticantes. Por exemplo, para garantir um bom funcionamento intestinal e a liberação de toxinas, é indicado tomar um copo d’água morna com gotas de limão todas as manhãs em jejum. 

Se você souber seu dosha (em poucas palavras, a sua constituição física e emocional), para kapha, acrescente um pouco de mel; para pitta, um pouco de sal; e no caso da dúvida de qual o dosha pertencente, considere apenas a água e o limão.

Para renovar a flora intestinal e apaziguar pitta em excesso (queimação no aparelho digestivo), manipular uma parte de iogurte natural com duas partes de água, misturando dentro de um pano como um escorredor; deixar escorrer a água até que o iogurte se seque e se transforme em uma ricota. A parte líquida se chama buttermilk e pode ser usada como bebida acrescida de mel ou como tempero para saladas acrescida de coentro.

As especiarias e suas propriedades terapêuticas

Os temperos e as especiarias têm importância fundamental na culinária indiana e na ayurveda. Além dos seus vários sabores e aromas, as especiarias possuem características terapêuticas, ajudando na digestão, regulando e estimulando o apetite. Funcionam como antídoto dos alimentos, pois podem neutralizar as propriedades pesadas, dissipar os gases e facilitar a digestão.

As especiarias têm muitas propriedades medicinais e são úteis na maioria das doenças de pulmão, cabeça ou aparelho gastrintestinal.

Em geral, as especiarias diminuem kapha e vata e aumentam pitta. São picantes, quentes, têm um efeito pós-digestivo picante e propriedades leves, secas, quentes, aromáticas, sutis e límpidas; são estimulantes, carminativas, antiespasmódicas, diaforéticas e expectorantes; ajudam a limpar os canais, queimam ama (toxinas) e promovem a atividade mental.

Na Índia, para alguém ser considerado bom cozinheiro, é necessário que seja, antes de tudo, um malsachi, um misturador de especiarias, o que é compreensível numa terra em que até um simples chá é arte de sutilezas: seu massala chai, por exemplo, é mistura delicada de ervas e especiarias. Nenhum outro povo do planeta soube, como este, misturar cheiros e sabores da natureza com tanta exuberância, harmonia e conhecimento.

Principais especiarias e suas propriedades

- Anis ou erva-doce (Sounf): estimula a digestão. É usada como refrescante após as refeições. Regula a menstruação e alivia dores abdominais.

- Assa-fétida (Hing): é uma combinação de várias resinas obtidas de certas plantas persas. De cor amarelo-marrom, tem um aroma muito forte. É um poderoso agente digestivo e também indicado para o tratamento de problemas respiratórios. Indispensável na culinária indiana, deve ser usado em pequenas quantidades. Quando frita em óleo fervente, adquire um sabor refinado, lembrando trufas.

- Canela (Dalchini): usada como estimulante das funções digestivas e no tratamento de sinusite, gripes e dores de garganta. É um bom analgésico, desintoxicante e expectorante.

- Cardamomo (Ilaichi): muito estimado por sua capacidade digestiva, regula a quantidade de ácido no estômago e ajuda a parar vômito e tosse. Ajuda a regular o metabolismo do açucar e previne a formação de muco. É antídoto de lacticínios como o leite e iogurte.

- Coentro (Dhaniya): As sementes na forma integral ou em pó talvez sejam a especiaria mais utilizada em toda a Índia. Bom para constipação, gripes e condições de sangue tóxico. Também limpa e descongestionam o fígado e é bom para digestão nervosa e hiperacidez. Essencial no preparo de masalas.

- Cominho (Jira): bom para o tratamento da diarreia, disenteria e cólicas. Quando tostado ou frito, solta mais aroma e se torna mais fácil de moer. É um dos principais ingredientes da garam massala.

Cravo-da-índia (Loung): moderadamente afrodisíaco, estimula as atividades do estômago, promove a digestão, rejuvenesce e purifica o sangue. O óleo de cravo é usado como poderoso analgésico e alivia a dor de dente.

- Cúrcuma ou açafrão-da-terra (Haldi): membro da família do gengibre, é uma raiz de cor amarelada. Pode ser usada na forma natural, mas é geralmente usada em pó para refogados e pratos de legumes. Antibiótico natural, melhora a digestão e desenvolve a flora intestinal. Purifica o sangue e estimula a formação de novas células. Deve ser usado em alimentos com muita proteína.

- Gengibre (Adrak): é um bom expectorante, analgésico e estimulante. Usado no tratamento de gripe, indigestão, vômito, dores abdominais, hemorroidas, dor de cabeça. É fartamente usado como tempero.

- Gergelim (Til): bom para rejuvenescer, fortalece as articulações e é usado para solidificar as fezes nos casos de diarreia. As sementes pretas são boas para os dentes e ossos porque contêm maior quantidade de energia solar. É usado normalmente em doces e para polvilhar pães.

- Mostarda (Rai e Sarsõ): negra, branca e castanha. Muito usada para temperar os refogados e nos picles. Tem propriedades analgésicas, alivia a congestão e neutraliza as toxinas. Serve como antídoto para constipações e comidas pesadas, como o queijo.

- Noz-moscada (Jaifal): sedativo eficaz para dores abdominais, dismenorreia e insônia. É um ótimo calmante, alivia a contração muscular. Tem um sabor aromático e açucarado.


Conheça o Poderoso VIAGRA NATURAL feito com apenas Duas Plantas

Esta receita tem a fama (merecida) de ser um Viagra natural. Ela é feita com dois ingredientes. Um deles é o alecrim.


O alecrim é um arbusto que atinge de 50 cm até 2 metros de altura, com folhas coriáceas (com aparência de couro), resinosas, lineares e verde-escuras na parte superior e verde-acinzentadas na inferior. Elas emanam um forte e agradável aroma. As flores, brancas e rosadas, são muito procuradas pelas abelhas.

O alecrim é estimulante, favorece a atividade mental (memória), o ritmo cardíaco, serve para problemas de hipotensão (pressão arterial baixa), para os nervos, o estresse e a ansiedade. Mas existe um efeito dessa planta que poucos conhecem: ela é um poderoso estimulante sexual, sendo ótima para tratar a impotência e a falta de libido em ambos os sexos.

O outro ingrediente desta receita é o gengibre. Ele também é um potente estimulante. E isso se deve à sua ação vasodilatadora.


Ao combinar alecrim e gengibre, você terá intensamente elevada a ação dessas duas plantas. O efeito é notado em poucas horas.

RECEITA

INGREDIENTES
  • 1 punhado de alecrim fresco
  • 1 pedaço de 3 centímetros de gengibre
  • 1 rodela grossa de abacaxi
  • 100 mL de água


MODO DE PREPARO
  • Liquidifique bem todos os ingredientes.
  • Coe e beba na hora.


Essa é a melhor receita, mas você também pode fazer um chá e tomar duas xícaras desse chá, de preferência, uma de manhã e outra à noite.

Para fazer o chá, é simples: 
  • Uma colher (chá) de alecrim 
  • Um pedaço de cerca de dois centímetros de gengibre para uma xícara de água. 
  • Ferva a água, apague o fogo e coloque as ervas dentro.
  • Quando amornar, está pronto para beber.


Importante!

Hipertensos e cardiopatas não devem consumir nenhuma dessas receitas sem antes consultar o seu médico.


domingo, 9 de julho de 2017

APRENDIZADO CONSTANTE

"O 'retorno' à vida terrena ocorre mais cedo para aqueles que criaram pouco karma psicológico e mais tardiamente para os mais espiritualizados, que precisam de tempo para assimilar todas as lições espirituais.

Também não é possível retornar à vida como um animal. Uma vez desenvolvida a autoconsciência, não podemos mais retroceder. Essa ideia surgiu de uma interpretação literal de figuras de linguagem, como era o caso de um índio norte-americano que falava em se tornar lobo, águia ou toupeira. Isso não queria dizer que ele se tornaria um desses animais, mas que seria tão esperto e dedicado à família quanto o lobo, com uma visão de alcance longo como a da águia, e tão próximo à terra quanto a toupeira, para sondar seus segredos. Seres humanos não podem voltar a ser animais, e animais não se transformam em seres humanos da noite para o dia, mas só após muito, muito tempo.

No entanto, mudanças psicológicas e físicas ocorrem o tempo todo. Nossos átomos estão constantemente transmigrando: sempre que acariciamos nossos animais de estimação, cheiramos uma rosa, ouvimos música ou pensamos num amigo, trocamos partículas de vida e força. Nossas almas também 'migram' continuamente de um estado de consciência para outro, do sono com sonhos para a percepção de vigília, do pensamento superficial para concentração profunda. E isso continua após a morte. Essas trocas podem ser benéficas ou danosas, dependendo da qualidade da energia. Sabendo disso, o sábio considera um dever pensar e viver tão gentilmente quanto possível.

Outra pergunta frequente é o que acontece àquilo que amamos e pelo qual trabalhamos. O que se perde quando morremos? A resposta é: nada. O conhecimento que obtemos e as habilidades que desenvolvemos permanecem no interlúdio pós-morte e desabrocham em vidas futuras com poder aumentado. Platão fez referência a isso ao dizer que todo conhecimento e sabedoria são memórias de existências prévias. À medida que essa sabedoria se desenvolve no presente, novas possibilidades são moldadas para expressar as características e necessidades de nossas condições internas e externas.

Shakespeare dizia a mesma coisa ao afirmar que um ator representa muitos papéis durante sua vida, identificando-se com eles. Assim como o ator sabe que está desempenhando papéis, nosso eu permanente também sabe, embora possa ser incapaz de transmitir esse conhecimento à 'máscara' ou personalidade temporária.

Os budistas acreditam que o caráter é a soma de nosso passado. Os ensinamentos teosóficos explicam essas ideias, dizendo que a memória é armazenada na parte superior de nossa natureza; ela é vislumbrada ocasionalmente e vista claramente no momento da morte. Livres dos embaraços terrenos, vemos em retrospectiva as causas, as inter-relações, o propósito e a justiça de tudo que ocorreu na vida. (...) 

Todos os seres vivos existiram antes de sua atual aparição na Terra. Orígenes, um padre da Igreja Primitiva, explicou que as almas humanas existiam no mundo espiritual dentro do ambiente divino, antes de encarnarem. Platão foi além, explicando que as almas não apenas existiam no universo antes de entrar neste reino de experiência, mas que, quando libertas dos vínculos de suas limitações, retornavam à morada anterior para repousar e assimilar as experiências terrenas. Depois de certo tempo, elas novamente seguem adiante, revigoradas e prontas para enfrentar as novas provações por meio das quais obtêm conhecimento da vida e visualizam as alturas que um dia alcançarão.

Quantas vidas vivemos? No livro Fernão Capelo Gaivota, de Richard Bach, a sábia gaivota expressa um ponto de vista interessante: 'Você tem alguma ideia de quantas vidas devemos ter vivido antes de sequer termos a primeira ideia de que existe mais coisas com relação à vida do que comer, lutar, ou o poder do rebanho? Mil vidas, Jon, dez mil! E depois outra centena de vidas até que comecemos a aprender que existe algo chamado perfeição, e mais cem vidas novamente até adquirirmos a ideia de que nosso propósito para viver é encontrar essa perfeição e manifestá-la.'

A mesma regra aplica-se a nós; escolhemos nosso próximo mundo através daquilo que aprendemos neste. Se não aprendermos nada, o próximo mundo será semelhante, com todas as limitações e pesos para superar."

Eloise Hart - Os Mistérios da Reencarnação
Revista Sophia, Ano 10, nº 39
p. 30/31


O Símbolo Substitui A Realidade?

"Falando de amor ou afeição, o mundo seria melhor pela realidade do amor no coração das pessoas, ou pela simulação do amor que pode revestir-se de muitas formas enganosas? Pode-se criar uma impressão de amizade, como é feito pela estrutura política portentosa, mas isto é apenas parte do jogo diplomático. O que conta é o sentimento ou o espírito de amor dentro da pessoa e isto é o que ajuda os demais. Eu não sei a extensão do bem de 'fingir uma virtude, se você não a tem'. Podemos satisfazer-nos facilmente com o fingimento e não atentar para a realidade. Se o substituto opera bem, por que preocupar-nos em encontrar a peça genuína?

A palavra 'Deus' é um substituto comum para Deus, a Realidade. Deus é Algo sobre o que nada sabemos, mas sobre o qual podemos formar as noções que quisermos; existem todos os tipos de ideias sobre Deus, muito embora na prática a sociedade, o estado e a religião nem sempre permitam que se tenha ideias próprias. Tempos houve em que as pessoas foram perseguidas por defenderem ideais diferentes daquelas da comunidade, envolvendo Deus, a natureza do universo ou qualquer outro assunto, por mais desligado que estivesse de sua conduta e vida. Eles eram considerados hereges e queimados por mera suspeita. Herege era alguém que não apenas não se conformava externamente com padrões estabelecidos, ou professava abertamente uma ideia contrária àquilo que constituía a ordem, mas até mesmo o fato de parecer estar nutrindo determinado pensamento era considerado pecaminoso e subversivo.

Não se pode dizer que um símbolo está destituído de valor. Pode não haver outra forma de nos referirmos objetivamente à realidade, mas um símbolo não passa a ser aquela realidade. Ele poderá ter o seu valor desde que compreendamos que é apenas um indicador ou um substituto da coisa real. Torna-se um fetiche quando é adorado no lugar da realidade. A partir de um ponto de vista, um símbolo é uma sombra, e a luz está por trás do homem que está olhando. No 'Mito da Caverna' de Platão, a luz está por trás dos homens que estão olhando para as densas sombras na parede, na frente da qual encontram-se. A sombra tem o valor de indicar a presença da luz e de dar um esboço do objeto que a obstrui, mas é necessário olharmos na direção adequada em busca da luz em si."

N. Sri Ram - Em Busca da Sabedoria
Ed. Teosófica, Brasília, 1991
p. 27/28


terça-feira, 4 de julho de 2017

O Xampu Caseiro Que Faz Teu Cabelo Crescer Como Mágica


A popularidade de bicarbonato de sódio está aumentando a cada dia porque as pessoas estão descobrindo as várias utilidades dele. E o bicarbonato de sódio também possui propriedades que melhoram a qualidade do cabelo.

Este maravilhoso produto pode limpar os cabelos de quaisquer vestígios de produtos químicos, inclusive de xampu e condicionador, proporcionando um brilho saudável. E isso não deve ser nenhuma uma surpresa, se você levar em consideração todos os benefícios que bicarbonato de sódio proporciona.

O xampu de bicarbonato de sódio vai salvar o seu cabelo, pode acreditar!

Se você quiser usar na sua pele e cabelos produtos completamente naturais, afim de não prejudicar a sua saúde, evitando a exposição à substâncias químicas potencialmente prejudiciais, tente este tratamento capilar com bicarbonato de sódio e desfrute dos resultados.

RECEITA:

Misture uma colher (sopa) de bicarbonato de sódio com um copo americano de água. 

Você pode ajustar a dosagem dependendo do seu comprimento do cabelo. Por exemplo, no caso de cabelos na altura dos ombros, coloque três colheres (sopa) de bicarbonato em três copos americanos de água.

MODO DE USAR:
  • Aplique o xampu caseiro de bicarbonato de sódio no cabelo seco ou molhado. Comece nas raízes e leve até as extremidades. Deixe a mistura agir por 1 - 3 minutos e enxágue bem.

No início, você pode achar que é difícil lavar o cabelo sem a espuma dos xampus comerciais, mas seja paciente e espere os resultados finais.

Para remover completamente os resíduos, use água morna no enxágue.
  • Depois de ter lavado o cabelo, aplique vinagre de maçã.

Faça assim: combine 1 parte de vinagre de maçã e 4 partes de água.

Para evitar o cheiro de vinagre, adicione, se quiser, algumas gotas de óleos essencial de lavanda, hortelã-pimenta ou alecrim à mistura de vinagre e água.

Será melhor se você preparar esta mistura antes e deixá-la já reservada no seu banheiro em um frasco vazio de xampu.
  • Incline a cabeça para trás e feche os olhos, para evitar a possibilidade de um pouco da mistura de vinagre entrar em contato com seus olhos. Agora, aplique a solução em todo o seu cabelo. Não precisa enxaguar.

E seu cabelo vai ser mais do que grato a você!... Ah! E se você tiver caspa, vai deixar de ter rapidinho.

Não faça, porém, esta aplicação mais do que duas vezes por semana.

Caso o cabelo fique ressecado, reduza um pouco a quantidade de bicarbonato de sódio. Se ficar oleoso, aumente um pouco a quantidade. Cada cabelo responde de modo diferente. Assim, vá testando a quantidade de bicarbonato até encontrar a mais adequada ao seu cabelo.

Antes de encerrar, mais uma dica: duas substâncias químicas encontradas na água da cidade - o cloro e o flúor - enfraquecem o cabelo. Por isso, vale a pena investir em um bom filtro de chuveiro, pois ele contribui muito para a saúde do cabelo.